Carnaval 2019, num Rio de Incertezas

29
2331
Créditos: Imagens da internet

Por Blonsom Faria

O carnaval carioca de 2019 está sendo desenhado num contexto político e social muito conturbado e perturbador.

Confluindo com as dúvidas do carnaval anterior, marcado por uma crise financeira não superada, e a gestão de um prefeito evangélico sem afeições ao Reinado de Momo, vivenciamos uma conjuntura ainda mais difícil com a eleição, e posse, do governador do Estado e do presidente da República, também consonantes com o desdém ao maior espetáculo da Terra.

Como uma festividade de subversão pelo lúdico e pelo deboche, o carnaval de 2018 foi marcado pelas críticas à política e aos políticos brasileiros. Nada de novo!

 No entanto, a novidade foi ver pautas político-sociais abordadas de forma inteligível e direta, notadamente às críticas ao ex-presidente Michel Temer e ao prefeito Marcelo Crivella, configurando os desfiles como um espaço de tensão político-ideológico, com uma robusta liberdade de expressão, que esperamos fortemente que não seja silenciada.

Essa inovação faz emergir, inclusive, agremiações que estão sendo consideradas “queridinhas da esquerda”, por ter engajado seus enredos na crítica mordaz às ideias políticas e ao poder constituído que, paulatinamente, vem sendo recrudescido pelo conservadorismo. E essa polarização das discussões políticas também tangencia o carnaval deste ano.

A crise moral que assola o país também é presente no mundo do samba carioca. A LIESA – Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro, tem sido alvo de questionamentos quanto à lisura de seus critérios e a isenção dos mesmos.

Em 2017, duas agremiações se mantiveram no grupo especial devido a um trágico acidente, no entanto, a virada da mesa do ano seguinte fez com que os sambistas e a população em geral despertasse crescente descrédito à Liga, que assegurou a efetivação do ditado popular exclamado a plenos pulmões pelo presidente de honra da escola que deveria ser rebaixada para a série A:  “quem tem amigo não morre pagão”. Logo, a Grande Rio, permaneceu no grupo especial.  Assim como o Império Serrano, a reboque.

Começo as apresentações dos enredos das escolas de sambas do grupo especial pela agremiação de Duque de Caxias.

Intitulado: “Quem nunca…? Que atire a primeira pedra!”, o enredo abordará com humor os maus hábitos das pessoas. O entendimento do tema ainda é confuso, oscilando entre a proposição de discutir as vicissitudes do ser humano ou uma grande piada de mal gosto com a concessão da sua permanência entre as supercampeãs pelo “acordo de cavalheiros”.

A São Clemente reeditará seu enredo de 1990. Apostando no “E o samba sambou”, a agremiação volta a sua tradição de enredos críticos, trazendo atualizadas reflexões sobre o destino do samba, dos sambistas e das escolas de samba, apontando a falta de isonomia no julgamento das escolas e a deterioração dos quesitos tradicionais.

Aponta na sua sinopse que “No jogo do amor e do samba não tem regras: ou se tem, depende. Cartas na mesa, mesa virada. E o amor ao samba? Ah, camarada… Tudo tem seu preço e seu apreço. Quem tem padrinho não morre pagão! O brado retumbante de 90 ecoou com tanta força que se fez profecia: E o Samba Sambou…”

Cabe ressaltar, no entanto, que a São Clemente está entre as escolas que votaram a favor da permanência da Grande Rio, e consequentemente, do Império Serrano no grupo especial.

A Imperatriz Leopoldinense aposta num enredo bem humorado, “Me dá um dinheiro aí”, que trará a história do dinheiro e da ganância humana. O samba-enredo, considerado fraco, pode surtir um efeito muito positivo na avenida por sua irreverência e fácil entendimento.

Também no mergulho do enredo histórico, a Unidos da Tijuca contará a história do pão. “Cada macaco no seu galho. Ó, meu Pai, me dê o pão que eu não morro de fome!” propõe abordar a simbologia do alimento, a fome e a religiosidade.

A atual campeã do carnaval, Beija-Flor, apresentará um enredo autobiográfico. Com o tema “Quem não viu, vai ver… as fábulas do Beija-Flor”, a agremiação nilopolitana pretende contar seus 70 anos de história na avenida.

A Mocidade tem o tempo como seu principal elemento narrativo.  “Eu sou o Tempo. Tempo é Vida,” é um enredo que abordará as relações da humanidade com as temporalidades. Ao ler a sinopse fica no ar ser o carnavalesco pode trazer nos setores finais do desfile a linguagem futurista característica da agremiação.

Apostando num enredo CEP, categorização comum entre os sambistas, a Vila Isabel homenageará a cidade de Petrópolis. Intitulado “Em nome do pai, do filho e dos santos – a Vila canta a cidade de Pedro”, o enredo dará destaque ao período imperial da localidade.

A aposta da União da Ilha será o enredo “A peleja poética entre Rachel e Alencar no varandado do céu”, que abordará a produção literária de dois grandes autores brasileiros, costuradas de forma a se assemelhar a uma batalha, como as dos repentistas, ambientadas nas terras do Ceará.

O Ceará, também é cenário para o enredo da vice-campeã do carnaval passado, a Paraíso do Tuiuti, especificamente a cidade de Fortaleza, onde um “nordestino, barbudo, baixinho, de origem pobre, amado pelos humildes e por intelectuais, incomodou a elite e foi condenado a virar símbolo da identidade de um povo. Um herói da resistência!”

Esse personagem trata-se de um bode, chamado Ioiô, mas que facilmente pode fazer alusão ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “O salvador da pátria” é um enredo capcioso, através da fundamentação histórica da eleição do bode como vereador de Fortaleza na década de 1920, “Votar em animais é e sempre será possível”, conforme nos informa o fim da sinopse, dá o tom da crítica.

A Portela apresentará um enredo biográfico. Partindo das pinceladas de Tarsila do Amaral, a carnavalesca construirá o enredo “Na Madureira moderníssima, hei sempre de ouvir cantar uma Sabiá” pelo qual a agremiação homenageará uma de suas figuras mais ilustres, a cantora Clara Nunes. Trinta e cinco anos depois de sua morte, a escola de samba afirma que “Agora está na hora de a Guerreira reencontrar seu povo mestiço, para mais uma vez brilhar na avenida. Vestida com o manto azul e branco e a Águia a lhe guiar…” O desfile promete ser emocionante pela identificação do público com a memória da cantora.

O Império Serrano, que assim como a Grande Rio, permaneceu no grupo especial por decisão da LIESA, abrirá os desfiles com o enredo “O que é? O que é?”, adaptando a canção de Gonzaguinha, lançada no álbum Caminhos do Coração, de 1982. Dividindo opiniões, a escola optou que o seu samba de enredo não fosse composto por sua ala de compositores, uma das mais tradicionais do carnaval carioca. Um enredo filosófico que pretende responder a questão existencial: “E a Vida? E a vida o que é diga lá, meu irmão?”

A Viradouro, vitoriosa do grupo A em 2018, apresenta um enredo que fala da fantasia e da magia do universo infantil. “Viraviradouro!” trará os segredos e os encantos do imaginário dos livros.  

“Xangô”, único enredo afro dos desfiles, fica por conta do Salgueiro, seguindo sua tradição de abordar a cultura afro-brasileira. A agremiação tem por tema a deidade de origem africana, cultuada nas religiões de matrizes africanas, sendo o orixá relacionado a Justiça. Com um samba contagiante, a escola promete agitar a passarela do samba.

O carnavalesco da Mangueira desenvolverá mais uma vez um enredo crítico.  “História pra ninar gente grande” é o tema do desfile que pretende abordar a história que a História não conta sobre os personagens desde a invasão, ou descobrimento. Com a promessa de apresentar críticas atuais, visto que o presente é a janela por onde se olha o passado, o samba-enredo faz parte dos melhores sambas da safra, citando inclusive Marielle Franco, vereadora brutalmente assassinada e, até então, sem solucionamento para o caso policial.

Destaco que a análise tem por base as sinopses divulgadas pelas escolas de samba e os sambas-enredo que serão cantados na avenida.

Uma vez que é na efemeridade da passarela que o carnaval acontece, esperamos que o carnaval se ganhe na avenida. E não morra pagão!


Blonsom Faria é Antropólogo e historiador, pesquisador de história, cultura e religiosidade africana e afro-brasileira.

29 COMENTÁRIOS

  1. magnificent put up, very informative. I’m wondering why
    the opposite specialists of this sector don’t understand this.
    You should proceed your writing. I am sure, you’ve a great readers’ base already!

  2. An outstanding share! I have just forwarded this onto a coworker who has been conducting a little homework on this.
    And he in fact ordered me breakfast due to the
    fact that I stumbled upon it for him… lol.
    So let me reword this…. Thanks for the meal!! But yeah, thanks for spending time to discuss this
    issue here on your website.

  3. It is perfect time to make some plans for the future and it’s time to be happy.
    I’ve read this post and if I could I wish to suggest
    you few interesting things or advice. Maybe you could write next articles referring to this article.
    I wish to read more things about it!

  4. Pretty great post. I simply stumbled upon your blog and wanted to mention that I’ve truly enjoyed
    browsing your weblog posts. After all I will be subscribing in your feed and I am
    hoping you write again very soon!

  5. I loved as much as you’ll receive carried out right here.

    The sketch is attractive, your authored material stylish.
    nonetheless, you command get bought an nervousness over that
    you wish be delivering the following. unwell unquestionably come more
    formerly again since exactly the same nearly very often inside case
    you shield this hike.

  6. Hey I know this is off topic but I was wondering if you
    knew of any widgets I could add to my blog that automatically tweet my newest twitter
    updates. I’ve been looking for a plug-in like this for quite some time
    and was hoping maybe you would have some experience with something
    like this. Please let me know if you run into anything. I truly enjoy reading your blog and
    I look forward to your new updates.

  7. Howdy! This is my first visit to your blog! We are a collection of volunteers and starting a new project in a community in the same niche.

    Your blog provided us beneficial information to work on. You have done a marvellous job!

  8. Greetings! I’ve been reading your weblog
    for some time now and finally got the bravery to go ahead and give you a shout out from Humble Texas!
    Just wanted to say keep up the good work!

  9. Someone necessarily assist to make critically articles I would state.
    That is the first time I frequented your web page and to this point?
    I amazed with the research you made to create this actual submit amazing.

    Excellent job!

  10. I just want to say I am all new to blogging and really liked this page. Probably I’m going to bookmark your blog . You certainly come with incredible articles and reviews. Thank you for sharing your blog.

  11. Oh my goodness! Amazing article dude! Thank you so much,
    However I am going through issues with your RSS. I don’t know why I am unable to join it.
    Is there anyone else having identical RSS problems? Anyone
    who knows the answer can you kindly respond? Thanx!!

  12. I think this is one of the most significant information for me.
    And i’m glad studying your article. However should
    observation on some common issues, The site style is wonderful, the articles is in point of fact great :
    D. Just right activity, cheers

  13. Uma legítima aula de conhecimento e coerência. Aos interessados, um grande espetáculo estar por vir….

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui