Wikibamba

Aqui os nossos leitores terão conhecimento sobre a vida e obra de IMORTAIS do SAMBA, isso não significa necessariamente que esses imortais são pessoas conhecidas da mídia. O Prêmio Machine usou como critério para ser um WIKBAMBA a relevância da pessoa no mundo do samba, e nestes arquivos podem conter dados pessoais e/ou histórias pitorescas do mundo do SAMBA e do CARNAVAL.

José Geraldo de Jesus, o Candonga, era baiano da cidade de Santo Estevão. Com o desejo de uma vida melhor para si e sua mãe, se alistou na Marinha, realizando o sonho de conhecer e viver na Cidade Maravilhosa, onde desembarcou em 1936. Na Marinha surgiu… | Leia Mais

Carlos Antônio do Nascimento foi rebatizado como Carlinhos Brilhante, lá pelos idos dos anos 70, em sua passagem pela agremiação… | Leia Mais

Regina nasceu em Feira de Santana – Bahia, apesar de não revelar exatamente a sua idade, dá dicas que já passou dos 60. Veio para o Rio de Janeiro com 06 meses de idade, vive na Cidade de Deus há 51… | Leia Mais

Hilária Batista de Almeida, a Tia Ciata, foi iniciada no Candomblé em Salvador, onde nasceu, filha de Oxum. Migrou para o Rio de Janeiro, acompanhando a torrente de baianos que vinham… | Leia Mais